Jornal Medicina de junho destaca novo modelo de acreditação de escolas médicas

Escolas médicas de todo o Brasil poderão aderir a um modelo, desenvolvido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Educação Médica (Abem), que ajudará a identificar os cursos de Medicina (públicos e privados) que atendem às exigências mínimas para a formação dos futuros profissionais. Essa é a proposta do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme), destaque do Jornal Medicina – edição 245 de junho de 2015.

Acessível para leitura na plataforma on-line do CFM, a edição também traz outros temas, como a realização de procedimentos em puericultura e o desrespeito por parte das operadoras ao não pagarem os valores correspondentes aos atendimentos, apesar da existência de regulamentação em vigor.

Debate sobre violência contra médicos no VIII Encontro do Fórum Ibero-Americano de Entidades Médicas; recomendação do CFM para que instituições de saúde criem comitês de bioética para subsidiar decisões de ordem moral, bioética e educativa; e crise no sistema de saúde de estados do Nordeste – que sofrem com problemas de gestão – são outros temas abordados no periódico.

Como forma de promover amplo debate – e exame conjunto de questões fundamentais para a Medicina e a sociedade –, o jornal traz ainda outros assuntos fundamentais como a ação de deputados de Minas Gerais e Mato Grosso para que se corrija a Tabela SUS e a ação do CFM e da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) para assegurar direitos de médicos e pacientes diante da Resolução Normativa 368/2015 da Agência Nacional de Saúde (ANS), que interfere na prática médica em obstetrícia.

Confira o jornal Medicina: http://www.flip3d.com.br/web/pub/cfm/

Fonte: CFM, 07/07/2015.